Apesar do termo “Cold Brew” ter entrado em nosso vocabulário a pouco tempo, devemos saber que sua história começa a muito tempo atrás, mais especificamente no século XVII, nos tempos que para possibilitar o transporte da bebida do café por longas distâncias e por muito tempo, preparava- se um concentrado de café para que a bebida tivesse um tempo de validade maior que facilitasse o preparo para que durante o percurso, fosse necessário apenas adicionar água quente e pronto, teria a bebida energética em mãos.

Apenas em 1837 na França que a bebida passou a ser consumida gelada de uma forma mais parecida como conhecemos hoje; foi ganhando mercado, se aperfeiçoando até que na década de 60 chegou ao Japão onde se popularizou, depois levado aos EUA que espalhou o conceito para o resto do mundo como conhecemos hoje já em garrafinhas nas cafeterias.

Hoje em dia, possuímos dois métodos de preparo mais populares e conhecidos: infusão e gotejamento. Trataremos apenas do preparo de infusão nesse módulo; o preparo por gotejamento exige equipamentos muito específicos e um maior custo material.

O que é?

Cold Brew é um café extraído a frio, não necessariamente com água gelada, porém minimamente com água a temperatura ambiente. As características dele são: um café com muito mais cafeína, podemos dizer que é o café que possui o maior teor de cafeína entre todos, isso se deve ao seu tempo de infusão que permite ele extrair esse componente por mais tempo, deixando- o mais presente; corpo licoroso, devido aos óleos do café; doce, devido ao tempo de extração que permite retirar mais frutose do grão; porém com uma acides limitada, não quer dizer que o café não consiga apresentar acides, apenas que ela não será o ponto mais presente no seu sensorial.

 

Preparo:

As receitas por infusão geralmente levam uma moagem mais grossa,  como a de uma prensa francesa, porém, toda a regra possui suas exceções e hoje em dia já encontramos receitas que a moagem pode ser mais fina que a de um coado. Tudo isso depende do que queremos tirar do nosso Cold Brew e do café que ele está sendo preparado.

Todas as receitas terão que possuir um estudo e podemos usar todas as teorias que aprendemos ate então para as receita do Cold Brew.

 

Venha desfrutar desta deliciosa bebida em sua forma original ou aproveite para conhecer também, mais duas combinações geladas que encantarão o seu paladar . O Ginger Coffeee oSanto Refresco.

EXPERIMENTE NOSSOS CAFÉS ESPECIAIS Veja todos
O Café Especial URBE 01 é um café de 84,5 pontos. Sua fragrância é frutada, corpo vinhoso, doçura de mel, acidez cítrica brilhante, finalização limpa e doce. Características do Café: Produtor: Arnaldo Pinto Origem: Fazenda Morada da Prata, Batatais – SP Região: Alta Mogiana (SP) Altitude: 850 m Variedade: Arara Processamento: Natural...
O Café Especial URBE 02 é reconfortante. Bem denso, encorpado, com doçura intensa e notas de caramelo. É produção nossa (Urbe) e provém da região de Alta Mogiana (SP) / Altitude: 900m. Características do Café: Produtor: Produção Própria Origem: Fazenda Alto da Colina, Cajuru – SP Região: Alta Mogiana (SP)...
O Café Especial URBE 03 é composto por Microlotes surpreendentes garimpados nas lavouras de pequenos produtores parceiros. Tem origens variadas e notas sensoriais mais complexas. Os grãos são torrados semanalmente em pequenas quantidades, com perfis ajustados individualmente, mantendo assim o frescor e a qualidade do café. Um café especial vai...
O Café Especial URBE 04 é composto por Microlotes ou nanolotes com pontuação acima de 88 pontos. Boa pedida para os apreciadores de cafés especiais, abertos a novas experiências. Com aromas e sabores complexos, raros e intrigantes. Vamos garimpar nas lavouras os melhores lotes de pequenos produtores parceiros. E para...
GUIA DE MÉTODOS E MOAGEM DE CAFÉS
Renato Pereira, Jan 28, 2021
0 comentários
Renato Pereira, Jan 28, 2021
0 comentários
Saiba mais
INFORMATIVO URBE
Renato Pereira, Jun 09, 2021
0 comentários
Fabio Pereira, Apr 03, 2021
0 comentários
Saiba mais