-20%

6 Meses de Assinatura do Café Especial URBE 01 - 500g

R$ 58,00 R$ 46,40
Preço unitário
por 
Taxas incluídas. Frete calculado na finalização da compra.
Compre Já! apenas 0 disponível em estoque!

Um presente perfeito para os amantes de café.

O presenteado receberá um pacote de 500g do Café Especial URBE 01, mensalmente por um período de 6 meses.

OBS: As duas canecas de brinde serão enviadas somente no primeiro pedido. O desenho da caneca é meramente ilustrativo e será enviado conforme disponibilidade do nosso estoque.

O Café Urbe 01 é um café com perfil empolgante, doce, bem ácido e frutado.

Características do Café:

  • Produtor: Arnaldo Pinto
  • Origem: Fazenda Morada da Prata, Batatais – SP
  • Região: Alta Mogiana (SP)
  • Altitude: 850 m
  • Variedade: Arara
  • Processamento: Natural
  • Pontuação: 84,5 pts SCA
  • Sensorial: Aroma frutado, corpo vinhoso, doçura de mel, acidez cítrica brilhante, finalização limpa e doce.
  • Corpo: Nota-2/3 - Doçura: Nota-3/3 - Acidez: Nota-3/3

História do Produtor:

Sob os cuidados da família Dumont Adams, que está há cinco gerações na cafeicultura, a Fazenda Morada da Prata orgulha-se de apresentar cafés de excelente qualidade e, ao mesmo tempo, resgatar e proteger a cultura e a natureza de sua região.

Localizada em Batatais, na região da Alta Mogiana, em São Paulo, Brasil, a fazenda fica a uma altitude de 850 metros, em uma borda de serra com um microclima bastante peculiar.

Dos 456 hectares da fazenda, 144 são de uma belíssima mata nativa preservada, onde animais de grande porte circulam livremente, e espécies típicas da Mata Atlântica são protegidas da extinção. Em um solo rico, bem argiloso, predominantemente latossolo vermelho e vermelho/amarelo, são cultivados 146 hectares de café e 108 hectares de cana de açúcar, além de pastagens e eucaliptos.

O microclima local é bastante específico, com a presença de nuvens baixas durante as manhãs de inverno, o que deixa essa borda de serra mais úmida e fresca. O padrão de chuva é bom, com cerca de 1.500 mm/ano. Um terroir perfeito somado à paixão pelo café e a uma dedicação centenária ao fruto resultam em xícaras excepcionais e em histórias cheias de alma e encanto.

No século 19, Henrique Dumont já plantava café nos arredores de Ribeirão Preto. Inovador, sua fazenda era vista como a mais moderna da América do Sul, com cinco milhões de pés, o que lhe valeu o título de “Rei do Café”.

Foi seu filho, Luiz Dumont (irmão de Alberto Santos Dumont) que adquiriu em 1928 a Fazenda Morada da Prata. Em 1932, Plínio Adams, seu genro, assume a fazenda.

Nos anos 70, a Morada da Prata firmou-se com o tripé café, soja e milho. Outras áreas eram destinadas à criação do gado Tabapuã. Na década de 80, houve uma grande geada na região, e a saída foi apostar em cultivos de cana, além de seguir com o Tabapuã, cuja produção foi reconhecida com diversas premiações.

Em 2010, a Morada da Prata resgatou a tradição de cultivo de café. Mais recentemente, Arnaldo Adams Ribeiro Pinto, filho de Maria Helena, assumiu a fazenda, trazendo um novo olhar e o foco na produção de cafés especiais, conquistando premiações em concursos de qualidade.

Comentários do consumidor

Baseado em 3 comentários Escreva um comentário

6 Meses de Assinatura do Café Especial URBE 01 - 500g

Produtos Vistos